• Entregas em 24h, de Segunda a Sábado.
  • Encomende num dia útil até às 16h00, entregamos no dia útil seguinte!

Caixa de flores naturais: como cuidar?

Berta Mendes 1 Março 2021 1 comentário

Recebeu uma caixa de flores naturais da Flores no Cais? Se está a ler este artigo, provavelmente já se questionou: que cuidados devo ter?

As caixas de flores são elegantes e sofisticadas, para além de que têm sempre a mais valia de quando as flores terminam o seu ciclo de vida pode sempre guardar a caixa para os mais diversos fins: guardar bijuteria, perfumes, bombons… enfim, o que quiser! E deste modo torna-se um presente “para sempre”, porque ficamos sempre com uma parte deste conjunto para recordação.

O que compõe a caixa?

Em primeiro lugar importa perceber a “anatomia” da caixa. Na nossa loja online vai encontrar, tal como os ramos, três tamanhos de caixas: Base, Premium e Excellent que se traduzem em pequena, média e grande, respectivamente. A forma de as estimar é sempre a mesma independentemente do tamanho, em todas elas a técnica usada é a mesma: as flores são trabalhadas sobre numa esponja humedecida e em todo o seu redor, no interior, a caixa é revestida por celofane, para que a água da esponja não danifique a caixa de cartão.

Cuidado nº1: Hidratação

No que respeita a flores, mantê-las hidratadas é sempre um cuidado fundamental. Se recebeu a caixa ha pouco tempo, então a esponja no seu interior já chegou até si devidamente hidratada por nós, para que nos primeiros dias só tenha de desfrutar das suas flores. Ao fim de dois ou três dias, a esponja começa a secar e essa será a altura ideal para inserir um pouco de água no interior da caixa, para que as flores se mantenham hidratadas. Se colocar água pela lateral, corre o risco da água ficar da parte de fora do celofane que a reveste, por isso sugerimos uma opção mais segura: colocar água no interior da caixa através do centro, com um funil. Deste modo, poderá colocar água por entre as flores sem correr riscos desnecessários, tal como mostramos na imagem.

Cuidado nº2: Luz

A luz é outro fator importantíssimo para que as suas flores se mantenham viçosas. Devemos manter sempre a caixa de flores num local fresco e seco, longe da luz solar direta e de fontes de calor. Atenção: não confunda luz solar direta com luminosidade! Todas as flores gostam de luminosidade, mas não apreciam luz solar a incidir diretamente sobre elas.

Se as tirar da caixa, ainda posso aproveitar as flores?

Quando sentir que a esponja já não está a absorver, passados alguns dias, pode sempre retirar as flores da caixa. Nesta fase pode deitar fora o celofane e a esponja no seu interior, guardando assim a caixa para outra finalidade do seu entender. Corte os caules das flores cerca de 1 cm em bisel (45º), para que a flor consiga “beber” mais água e manter-se hidratada durante mais tempo. Retire alguma folha que possa estar com a flor e coloque-las, por exemplo, em pequenas jarras ou adereços decorativos com água, para que ainda possa aproveitá-las durante mais alguns dias!

Gostei das dicas, mas é demasiado para mim…

Outra sugestão para quem não gosta de perder muito tempo a cuidar destes pormenores são as caixas de rosas preservadas, também conhecidas como rosas eternas, que duram entre 1 a 5 anos! As flores preservadas não são propriamente económicas, mas podem representar um bom investimento a longo prazo, ou seja, estas caixas estão sempre lindas, não precisam de hidratação nem grandes cuidados a não ser evitar a exposição solar direta… Atuam como uma peça decorativa intemporal que fica sempre elegante e com um aspeto natural bonito durante mais de um ano.

Que dica considerou mais útil? Conte-nos tudo nos comentários!

Author avatar

Berta Mendes

Adora flores, as favoritas são Peónias e a sua cabeça é uma estufa de ideias a desabrochar a todo o momento. Da raíz até às pétalas, vai contar-vos tudo sobre flores.

1 comentário

  1. Teresa Monjardino

    Também adoro peónias. Adorei a “estufa de ideias”.
    São sempre importantes as dicas, especialmente quem ama flores e gosta de as preservar.
    Obrigada.

Publicar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *