• Entregas em 24h
  • Portes Grátis de Segunda a Sexta
  • Diretamente do Produtor
  • Encomende num dia útil até às 16h00, entregamos no dia útil seguinte em Portugal continental.

Dia dos Namorados: Onde surgiu? Porque se oferecem flores?

Berta Mendes 24 de January, 2023 0 comments

Dia dos Namorados: Onde surgiu? Porque se oferecem flores?

No dia mais romântico do ano, os corações batem mais rápido, prepararam-se surpresas com o objetivo de expressar o carinho pela cara metade. O amor está no ar! E neste dia tão especial, para além do amor também se sente o aroma das flores, um dos presentes mais romântico que se pode oferecer no Dia dos Namorados.

O dia 14 de Fevereiro marca a celebração do amor em vários países no mundo, tendo esta data vários nomes como Dia dos Namorados, Dia de São Valentim ou até Dia do Amor e da Amizade.

Apesar de todo o romance e paixão nesta época do ano, existem lendas e histórias que explicam a tradição do Dia dos Namorados. Já se questionou porque se chama a esta data “Dia de São Valentim”? Ou porque se costuma oferecer flores neste dia?

Agora que já despertamos a sua curiosidade acerca do Dia dos Namorados, continue a acompanhar-nos no artigo, que por aqui já estamos cheios de emoção para a época mais romântica do ano. Vamos lá!

A história do “Dia de São Valentim”

Para explicar a história por trás do “Dia de São Valentim” temos de recuar até ao século III, a uma das cidades mais românticas do mundo, Roma. Nessa época dois homens enfrentavam-se: um padre chamado Valentim, que celebrava casamentos entre jovens namorados, e o imperador Cláudio II, que proibiu o casamento entre jovens. Segundo o imperador, os homens solteiros eram melhores soldados porque tinham menos laços para lutar nas batalhas.

Mas como já imaginou, o padre continuou a sua luta pelo amor até ser descoberto pelo imperador, que o condenou à morte a 14 de Fevereiro de 270. Enquanto esperou pela sua sentença na prisão, o padre apaixonou-se pela filha cega de um guarda, a quem milagrosamente devolveu a visão! Antes de falecer, Valentim escreveu uma carta de despedida à sua amada, na qual assinou “Do teu Valentim”.

Valentim foi considerado santo e padroeiro dos namorados, celebrando-se a 14 de Fevereiro, data da sua morte, a sua luta pelo amor.

Além desta história, este dia está também ligado ao antigo festival romano “Lupercália”, realizado a 14 de Fevereiro. Nesta festa celebrava-se a chegada da primavera e a fertilidade, homenageando Juno, a deusa da mulher e do casamento, e Pan, deus da natureza.

O Dia dos Namorados como o vemos hoje, surgiu através de Esther Howland que teve a ideia de vender na livraria do seu pai, cartões com desenhos e mensagens relativas ao Dia dos Namorados. Um verdadeiro sucesso que se mantém até aos dias de hoje. 

Porque se oferecem flores no Dia dos Namorados?

Com certeza que a flor que mais relaciona com o Dia dos Namorados são as clássicas Rosas vermelhas, mas qual a história por trás disso?

Segundo a Reader’s Digest, dar flores no Dia dos Namorados é uma tradição que surgiu no século XVII, quando o rei Carlos II da Suécia, numa viagem à Pérsia, teve contato com a arte da Linguagem das Flores. Esta arte que cresceu na Europa, baseava-se em comunicar sem palavras, apenas utilizando flores.

Imagine que oferecia a alguém um cravo amarelo, isso iria significar desilusão, mas se oferecesse um Jacinto roxo já era para pedir perdão. A Rosa vermelha, como é óbvio, era sinónimo de amor e de paixão. Muito curioso, não acha?

Sugestão Dia dos Namorados - Flores no Cais

A nossa sugestão para o Dia dos Namorados

Atualmente oferecer flores é considerado um ato de carinho e de amor. É sem dúvida a melhor forma de surpreender a sua cara metade, de uma maneira linda, tal e qual como vemos nos filmes. Para além destas dicas para um São Valentim sem imprevistos, atente aos seguintes cenários.

Se gosta de acordar cedo, surpreenda a sua cara metade com o pequeno almoço na cama, juntamente com um clássico ramo de Rosas Á La Carte, para despertar a paixão logo pela manhã.

Caso prefira surpreender ao final do dia poderá preparar um banho de espuma requintado: espalhe pétalas de rosa e acenda algumas velas, para dar um ambiente mais romântico.

Tem a ideia de fazer um jantar? Aproveite e desenhe um caminho de pétalas de rosa até à mesa e decore-a com um lindo ramo de rosas vermelhas e cor-de-rosa. O nosso ramo de rosas Affection é a combinação perfeita para momentos de ternura e carinho como este.

Quer entrar no ano em grande e pedir o amor da sua vida em casamento? Fique com esta dica: Ofereça a nossa caixa de rosas personalizada e coloque a caixa do anel no meio das rosas. Torne o pedido num momento inesquecível!

Author avatar

Berta Mendes

Adora flores, as favoritas são Peónias e a sua cabeça é uma estufa de ideias a desabrochar a todo o momento. Da raíz até às pétalas, vai contar-vos tudo sobre flores.

Post a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *