• Entregas grátis em 24h
  • Encomende num dia útil até às 16h00, entregamos no dia útil seguinte em Portugal continental!

Pinheiro de Natal Natural: Onde comprar, cuidados e curiosidades

Berta Mendes 17 de noviembre, 2020 8 comentários

O frio está a chegar e os preparativos para o Natal começam a ser uma realidade. Usar um pinheiro natural como árvore de Natal é uma alternativa para deixar a decoração natalina mais requintada em casa, para não falar no seu aroma característico.

Se costuma ter ou está a pensar no seu primeiro Pinheiro de Natal Natural, então continue a ler e descubra tudo o que precisa de saber para dominar o seu pinheiro natural!

Onde e quando comprar?

Para aquisição, deve procurar fornecedores certificados e confiáveis, pois existem mercados que vendem gato por lebre – ou melhor, galho por árvore.

A Flores no Cais disponibilizou pela primeira vez online o Pinheiro de Natal Natural em Novembro de 2020, juntamente com outros artigos na Coleção de Natal e a procura foi acentuada. O pinheiro chega até si devidamente acondicionado e incluímos uma base de madeira grátis, para poder montar o seu pinheiro onde quiser.

Se quiser comprar o seu Pinheiro Natural com entregas grátis em Portugal continental, pode fazê-lo aqui, e ainda pode agendar a data de entrega no checkout. Tenha em atenção que a maioria dos pinheiros são vendidos antes de dia 1 de Dezembro, por isso, não corra riscos desnecessários e encomende o seu com antecedência.

Abies Nordmanniana – O Clássico Pinheiro de Natal

O abeto Abies Nordmanniana tem um cheirinho suave e nostálgico.

Existem inúmeras variedades de pinheiro, como por exemplo as Tuias, que são a variedade mais comum no mercado, mas existem outras como Kaizucas e Ciprestes.

O abeto Abies Nordmanniana é uma planta conífera de origem da Ásia Menor, Cáucaso e Geórgia. É o clássico do natal em muitas casas, devido à sua folhagem abundante e atraente de silhueta regular. No seu ambiente original, ultrapassa facilmente os 30m de altura. Em Portugal o seu crescimento é muito mais lento e não chega a atingir estas alturas tão elevadas.

De porte piramidal e elegante, caracterizada por pontas grossas que não caem facilmente quando secam, o tornam ideal como árvore de Natal, tanto dentro como fora de casa.

Agir a favor do ambiente

Por cada pinheiro comprado, três são plantados.

Ter um pinheiro de Natal Natural em casa não significa desflorestar. Pelo contrário, assumimos um compromisso com o nosso fornecedor e, por cada pinheiro comprado, três novos são plantados!

Acreditamos que a natureza é o ambiente mais fantástico que podemos ter na nossa casa e que os pinheiros de plástico são tão prejudiciais ao ambiente que cada vez mais devíamos caminhar para esta consciencialização e ao mesmo tempo tornar o nosso natal mais puro, mais natural e mais bonito.

Uma nota importante, e que é desconhecida por muitas pessoas, é que estas árvores são cultivadas em viveiros especificamente para este fim. É proibido o abate destas plantas nas florestas. Um pinheiro de Natal natural é, do ponto de vista ambiental, a melhor solução, porque é biodegradável e porque a sua produção ajuda a consumir dióxido de Carbono.

Enfeites

Tenha em conta que não deve coloque enfeites muito pesados.

Evite colocar bolinhas e outras decorações muito pesadas, que podem entortar os galhos. Já o pisca-pisca, prefira o que seja de LED, que é de luz mais fria, pois o calor das lâmpadas convencionais pode secar e queimar o pinheiro. “A temperatura faz observar a água das folhas”

Manutenção

O local mais indicado para alocar o pinheiro é um canto fresco, pois lugares quentes agilizam a desidratação da planta — um lugar sem luz solar direta.

Instale a sua árvore de Natal longe dos radiadores e pulverize-a regularmente com água. Pode também adicionar um pouco de água ao interior do suporte de madeira.

Desmontagem/Reciclagem

Imagem Ilustrativa. © MAXPPP

Por experiência própria, sabemos que muitos destes pinheiros chegam a ser desmontados no início de Janeiro ainda em boas condições, sendo muito pouco notável áreas secas, pelo que calculamos uma duração aproximada de 2 meses se forem mantidos todos os cuidados sugeridos.

O pinheiro que vendemos na Flores no Cais não inclui raízes, até porque a probabilidade de adaptação deste pinheiro ao nosso clima seria muito reduzida. Afinal, o que fazer com a sua árvore depois das festividades? Quando estiver pronto para se separar dela, sugerimos algumas opções:

Contactar o seu Município

Deixar a sua árvore de Natal na rua resulta numa multa. Alguns municípios oferecem-se para recolher as suas árvores ou convidam-no a deixá-las nos centros de eliminação de resíduos, para as reciclar por compostagem. Como é o exemplo da Câmara Municipal de Lisboa, e do Porto. Por isso, não hesite em pedir à sua Câmara Municipal informações sobre como se livrar dela.

Compostagem da Árvore de Natal no jardim

Outra alternativa passa por desramifica-lo e coloca-lo num recipiente de compostagem no seu jardim. A compostagem caseira é um fertilizante natural que ajuda a manter o substrato ou estrutura dos jardins em condições ótimas.

Se não tiver condições de o fazer, pode leva-lo, por exemplo, à Estação de Compostagem de Verdes da Valorsul, para ser transformado em biomassa.

Transformar o Pinheiro de Natal em lenha

Se tiver uma lareira, também poderá usá-lo como lenha, contribuindo assim para uma economia circular e para a diminuição da produção de lixo. Não é a melhor lenha para arder, mas será uma forma prática de se livrar do pinheiro sem ter de sair de casa e também vai dar à sua casa um cheiro agradável. Também pode recolher e armazenar as suas pernadas: uma vez secas, são perfeitas para acender a lareira.

Conclusão

E você? Qual a maior aprendizagem que retira deste artigo? Ou já é um profissional dos Pinheiros Naturais e tem alguma dicas para partilhar connosco? Conte-nos tudo nos comentários!

Author avatar

Berta Mendes

Adora flores, as favoritas são Peónias e a sua cabeça é uma estufa de ideias a desabrochar a todo o momento. Da raíz até às pétalas, vai contar-vos tudo sobre flores.

Publicar un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *